quinta-feira, 31 de março de 2011

O HOMEM QUE SE CASOU COM UMA ÉGUA


Este é o mais recente título lançado pela editora Luzeiro, de autoria do poeta baiano Zeca Pereira. Seu primeiro intitula-se A CONFISSÃO DE UM DROGADO lançado em 2009. O poeta tem levado o cordel a Barreiras e região, além de Brasília e Goiás. Somos muito gratos ao Zeca pelo excelente trabalho que ele tem feito de divulgação de nossa por essas bandas.
Veja as primeiras estrofes do cordel:

Poeta que é poeta,
Sempre escreve, não da trégua.
Certo dia eu caminhei
Até mais de uma légua
Pra conversar com um homem
Que casou-se com a égua.

Quando ouvi a sua história,
Eu achei ser brincadeira.
Só que alguém me jurou
Dizendo ser verdadeira.
Aí, procurei saber
Da história por inteira.

Procurei informação,
Descobri onde morava.
Era mesmo ali por perto,
Muito mais do que eu pensava.
Então, fui a sua casa
Ver se tudo confirmava.

Quer conhecer o resto da história? Compre o cordel.
Contato com o autor:
zecapereiraanjos@hotmail.com

quarta-feira, 30 de março de 2011

CORDEL É SUCESSO DE NA PRAÇA DA SÉ


 A BANCA CENTRAL situada na Praça da Sé, no marco zero de São Paulo, tem vários títulos de cordéis expostos a venda. Os leitores procuram com frequência essa literatura que vem encantando milhares de leitores pelo Brasil inteiro. Portanto quem quiser ler os principais clássicos do cordel dê uma passadinha na Banca Central. Você gostar e se encantar...

segunda-feira, 28 de março de 2011

EU SEGUNDO VALDÉRIO COSTA



Caricatura de Varneci Nascimento, conhecido no meio cordelístico como Frei Varneci, feita pelo gravador Valdério Costa para a obra A ESCRAVA ISAURA EM CORDEL, que sairá pela Nova Alexandria.

terça-feira, 22 de março de 2011

CATALOGO DA LUZEIRO



Valor: R$ 3,00+ despesa de correio

A Arte de lutar
A Confissão de um Drogado
A história de Chico Pica-Fumo
A Marcha da Humanidade e a degradação...
A Moça que mais sofreu na Paraíba do Norte
A Mulher Roubada
ABC dos Namorados
Amigos do Barulho e o Bandido Carne Frita
Amor de Mãe
Amor e Martírio de uma Escrava
Amor em Face do Destino
Amor entre a Verdade e o Punhal
Amor que Venceu a Morte
Antônio Conselheiro e a Guerra de Canudos
Antônio Silvino – Vida, Crimes e Julgamento
As Aventuras do Menino Jesus
As Bravuras de Roldão e a Mala do Defunto
Astúcias de Camões
Aventuras de João Desmantelado
Aventuras de Robinson Crusoé
Aventuras de Simbá, o Marujo
Bandido Cabeleira
Batalha de Oliveiros com Ferrabrás
Belisfronte, o Filho do Pescador
Bicho de Sete Cabeças
Boi Leitão ou o Vaqueiro que não Mentia
Boi Misterioso
Bom Pai e o Mau Filho
Briga de Dois Matutos por Causa de um Jumento
Briga de São Pedro com Jesus por Causa do Inverno
Briga de Zé Valente com Leide Catapora
Cabras de Lampião (edição especial-48 páginas) R$ 4,00
Cangaceiro do Nordeste
Cangaceiro Isaías
Capitão do Navio
Carta de Satanás a Roberto Carlos
Cavaleiro das Flores
Chegada de Lampião no Céu
Chegada de Lampião no Inferno
Chegada de Lampião no Purgatório
Chicuca, o Professor dos Ladrões
Cidrão e Helena / João Besta e a Jia da Lagoa
Coco Verde e Melancia
Como Ser Feliz no Casamento
Comprador de Barulho
Confissão de Antônio Silvino
Conselhos do Destino
Contador de Mentira
Coragem de Juquinha pelo Amor de Ivonete
Coragem de um Vaqueiro em Defesa do Amor
Corisco, o Sucessor de Lampião
Daniel e seus amigos disputando uma Princesa
Dimas e Madalena nos Labirintos da Sorte
Dimas o Bom Ladrão
Disputa de Bocage com um Padre
Dois Amigos Leais
Donzela Teodora
Duquesa de Sodoma
Encontro de Cancão com Vicente o Rei dos Ladrões
Encontro de Cancão de Fogo com Pedro Malazarte
Encontro de Cancão Fogo com José do Telhado
Encontro de Lampião com Adão no Paraíso
Encontro de Lampião com Dioguinho
Encontro de Lampião com Saturnino no Inferno
Encontro de Tancredo com Getúlio Vargas no Céu
Enfrentando a Morte
Enjeitado de Orion
Escrava do Destino
Escravo Fiel
Exemplo do Menino que Falou no Ventre da Mãe
Fera de Petrolina
Ferreiro das Três Idades
Festa da Bicharada
Filha da Louca do Jardim
Filha de um Pirata entre a Espada e a Sorte
Filho de Evangelista do Pavão Misterioso
Filho de Juvenal e a Serpente de Fogo
Filho do Herói João de Calais
Força do Amor (Alonso e Marina)
Frei Damião Vida e Saudades...
Geraldo e Silvina
Gigante Quebra – Osso e o Castelo Mal Assombrado
Grande Combate de Neve Branca com João Cabeleira
Grande Debate de Camões com um Sábio
Grande Debate de Lampião com São Pedro
Grinaura e Sebastião
Helena, a Virgem dos Sonhos
Herói da Montanha Negra
Herói João Canguçu
Heróis do Destino e o Monstro da Mata Escura
História das copas do Mundo em cordel
História do Príncipe Formoso
História, Vida e Morte de Luiz Gonzaga
Horácio e Enedina
Índia Neci
Intriga do Cachorro com o Gato
Já Bebi, Não Bebo Mais! Bebo Até Lascar o Cano!
Jerônimo, o Grande Herói do Sertão
Jesus Cristo e o Mestre dos Mestres
Jesus e o Homem do Surrão Misterioso
Joana D’Arc, a Heroína da França
João Acaba – Mundo e a Serpente Negra
João Cambadinho e a Princesa do Reino de Mira-Mar
João da Cruz
João Sem Direção
João Soldado
João Terrível e o Dragão Vermelho
João Valente e a Montanha Maldita
Jogador na Igreja
Josafá e Marieta
Juvenal e o Dragão
Lagoa Misteriosa e o Cavalo Encantado
Lágrimas de Amor
Lampião e Maria Bonita no Paraíso
Lampião e Padre Cícero num Debate Inteligente
Lampião e sua História Contada Toda em Cordel
Lampião, o Rei do Cangaço
Lobisomem Encantado
Louca do Jardim
Luta de Zé do Caixão com o Diabo
Manassés e Marili
Maria Bonita, a Mulher Cangaço
Mariquinha e José de Souza Leão
Martim Tomba Serra e o Gigante do Deserto
Martírios de Genoveva
Martírios de uma Mãe
Menino das Abelhas
Menino dos Bodinhos e a Princesa Interesseira
Mistério dos Três Anéis
Mistérios da Princesa dos Sete Palácios de Metal
Moça que se Casou 14 Vezes e Continuou Donzela
Mofino que virou Valente
Monstro sem Alma
Morte de Leandro. Saudades...
Morte, Testamento e Enterro de João Grilo
Mulher que Enganou o Diabo
Mulher que se Casou 18 vezes
Negrão do Paraná e o Seringueiro do Norte
Nequinho e Jandira
Neto de José de Souza Leão
Noiva do Diabo
Novas Proezas de Bocage
O Cachorro dos Mortos
O Coronel Avarento ou homem que a terra recusou
O Julgamento de Cancão de Fogo no Céu
O Massacre de Canudos
O Mistério da Pele da Novilha
O Negrinho do Pastoreio
O Príncipe do Barro Branco
Olhos de Dois Amantes por Cima da Sepultura
Os Últimos dias de Pompeia
Padre Cícero, o Santo do Juazeiro
Pai que Forçou a Filha Sexta Feira da Paixão
Papagaio Misterioso e os Sofrimentos de Jobão
Pavão Misterioso
Pedrinho e Julinha
Peleja de Azulão com Palmeirinha
Peleja de Manoel do Riachão com o Diabo
Peleja de Rodolfo Coelho com Manoel D’Almeida Filho
Peleja de Severino Borges com Patativa do Norte
Peleja de Zé Pretinho com Manuel do Riachão
Peleja do Cego Aderaldo com Zé Pretinho do Tucum
Perguntas do Rei e as Respostas de Camões
Piadas do Bocage
Pistoleiro Invencível
Prantos de Cacilda e a Vingança de Raul
Prêmio da Consciência
Presepadas de Chicó e Astúcias de João Grilo
Presidente Tancredo, a Esperança que não Morre
Princesa Anabela e a Filha do Lenhador
Princesa da Pedra Fina
Princesa do Reino do Mar sem Fim
Princesa Rosamunda e a Morte do Gigante
Princesa Rosinha na Cova dos Ladrões
Príncipe Enterrado Vivo e a Rainha Justiceira
Príncipe João sem Medo
Príncipe Natan e o Cavalo Mandingueiro
Prisioneiro do Castelo da Rocha Negra
Proezas de Broca da Silveira
Proezas de João Grilo
Promessa da Vingança
Quando a Coragem Triunfa
Quatro Sábios do Reino e a Princesa Encarcerada
Quengo de Pedro Malazarte no Fazendeiro
Recompensa do Diabo
Rei Orgulhoso na Hora da Refeição
Renato e Mariana
Roberto do Diabo
Rogaciano e Angelita
Romeu e Julieta
Rosinha e Alemão
Rosinha e Sebastião
Rufino, o Rei do Barulho
Satanás se Confessando em uma Santa Missão
Satanás se confessando em uma santa Missão
Segunda Vida de Cancão de Fogo
Sertanejo Antônio Cobra Choca
Sino da Torre Negra
Sofrimentos de Alzira
Sofrimentos de Célia
Sorte do Amor
Tiradentes, o Mártir da Independência
Touro Preto que Engoliu o Fazendeiro
Traição de Dalila e a Força de Sansão
Três Cavalos Encantados e Três Irmãos Camponeses
Três Conselhos da Sorte
Três Conselhos Sagrados
Triste Sorte de Jovelina
Tubiba, o Desordeiro
Um Filho Errante e as Preces de uma Mãe
Uma das Maiores Proezas que Antônio Silvino fez no Sertão de Pernambuco
Uma Tragédia de Amor ou A Louca dos Caminhos
Vaca Misteriosa
Valdemar e Irene
Valentão do Mundo
Valente Sertanejo Zé Garcia
Valente Vilela
Vaqueiro Damião
Vaqueiro do Barulho
Verdadeira História de Chico Xavier
Verdadeiro Romance do Herói João de Calais
Vicente e Josina
Vicente, o Rei dos Ladrões
Vida de um Nordestino em São Paulo
Vida e Testamento de Cancão de Fogo
Vida, Vingança e Morte de Corisco
Vingança de um Inocente
Vingança de uma Fada e um Anão Misterioso
Visita de Lampião a Padre Cícero no céu
Vitória de Floriano e a Negra Feiticeira
Vitória do Príncipe Roldão no Reino do Pensamento
Voando nas Asas da Asa Branca - Luiz Gonzaga
Volta de Lampião ao Inferno
Zé Baiano, Vida e Morte
Zé Bico Doce, o Rei da Malandragem
Zezinho e Mariquinha
Livro O Pavão Misterioso em Quadrinhos R$ 25,00
Roberto Carlos: 50 anos – Emoções em Rimas
História de Rosa de Milão
Mandela o homem, o herói, o Mito
Lágrimas de Palhaço


COLEÇÃO POPULAR FOLHETOS COM 16 PÁGINAS

Valor R$ 2,00 cada + despesa de correio

A História da “Nega” de um Peito Só
A Idade do Diabo
A Invasão do Estrangeirismo (8 p.)
A Maldita Ilusão
A Morte e a Justiça
A Paixão de Cristo
A Turbulência Econômica
A Vida de Pedro Cem
As Aventuras do Matuto Zé Ruela
As Proezas de Adeládio
As Três Folhas da Serpente
Assédio moral é crime
Briga do Major Ramiro com o Diabo
Cangaço um Movimento Social
Cantoria de um Caçador com o Diabo
Condessa Rosa Negra
Cordel do Trava Língua (8 p.)
Dez mandamentos do Preguiçoso
Encontro de Lampião com Antônio Silvino no Inferno
Encontro de Lampião com o coronel Pinga-Fogo
Exemplo do ateu e do Vaqueiro que tinha fé em Deus
Felipe o diácono evangelista
História da 25 de março
História da Moura Torta
Homossexualidade: História e luta
Horácio de Matos, o Herói da Chapada Diamantina
Iniciação sexual na Zona Rural
João Azarento na corte da Rainha Maravilha
Joselito e sua Cabra
Maria Besta Sabida
Matança de Corisco para Vingar a morte de Lampião
Nordeste terra de bravos
O Amigo e o Suicídio
O Boi do Bebedor
O cordel do trava língua
O Cordel seus Valores, sua História
O Príncipe que Trouxe a Sina de Morrer Enforcado
Os Apuros de Chico e Astúcia de João Grilo
Palhaçadas de João Errado
Peleja de Aloncio com Dezinho
Peleja de Ivanildo Vila Nova com Guariatã do Norte
Peleja de Leandro Gomes com uma velha de Sergipe
Peleja de Mestre Azulão com o Negro dos Pés Redondo
Perfil do Político Brasileiro
Pergunta Idiota Tolerância Zero
Raul Seixas entre Deus e o Diabo
Romance do Príncipe do Reino do Limo Verde
São Francisco: A Saga de um rio
Serra do Ramalho – um Brasil que o Brasil precisa conhecer
Serviço social: 30 anos do congresso da Virada
Últimos dias de Antônio Conselheiro na Guerra de Canudos
Um corno pra cada dia do mês
Um Operário na Presidência (8 p.)
Um Porco Embriagado
Uma Formiga em Hollywood
Valente João Corta Braço e o Negrão Endiabrado
A Conversão de Zaqueu
Abolição, um sonho de liberdade
As Filhas gêmeas do boto cor-de-rosa,
Missões um projeto de Deus
O caipira e a delegada, completa
O casamento da Chapeuzinho Vermelho,
Ou dá ou desce

LANÇAMENTOS

A justiça e a defesa
Carta a uma amiga suicida
Mulheres em luta
Alma mercenária
Os 10 mandamentos
O amigo e o suicídio
O gato de botas




domingo, 20 de março de 2011

ALMA MERCENÁRIA


Verti para o cordel o filme de Sann Mendes, que agora é publicado pela Luzeiro. Veja as primeiras estrofes da obra:

Se os quartos dos cabarés
Falassem, revelariam
Histórias mirabolantes
Que até assombrariam.
Se os personagens contassem,
Muitos se abalariam.

O Nordeste do cangaço,
Hoje, virou do axé.
Marcado por grandes secas
Ninguém pensava que, até,
A mais humilde cidade
Escondesse um cabaré.

Irene, uma das mulheres
Daquelas mais cortejadas,
Naquela casa de sexo,
Recebia só cantadas
Para satisfazer homens
Em orgias depravadas.

Quer conhecer o resto da história? Compre o livro.
varnecicordel@yahoo.com.br
Contato com a Editora Luzeiro Ltda.
Tel/Fax: (11) 5585-1800/5589-4342


sexta-feira, 18 de março de 2011

DOZE CONSELHOS PARA UM INFARTO FELIZ


Este é o meu novo cordel lançado pela Luzeiro. Veja a sinopse da obra:
“Quer apressar sua viagem para o outro mundo? Quer vestir seu paletó de madeira mais rápido? Quer partir desta para melhor? Pois bem, siga os conselhos deste cordel, testados e aprovados. Divirta-se antes, pois sem humor não há salvação”.

Veja as primeiras estrofes:

Olhando a pressa constante,
Avaliei, depois fiz
Doze conselhos sensatos,
Próprios a todos perfis,
Dos quais jamais me aparto
Porque sofrendo um enfarto
Pretendo enfartar feliz.

1º - Trabalhe, acima de tudo,
Dezoito horas diárias,
Mesmo se as condições
Forem péssimas e precárias.
Deixe as questões pessoais,
Familiares, sociais
Para as pessoas otárias.

2º - Abomine os feriados.
Atrapalham, não convém.
Jamais descanse algum dia,
Tampouco visite alguém.
Se quer morrer mais ligeiro,
Ocupe o seu sábado inteiro
E o domingo também.

Quer conhecer o resto da história? Compre o livro.
varnecicordel@yahoo.com.br
Contato com a Editora Luzeiro Ltda.
Tel/Fax: (11) 5585-1800/5589-4342

terça-feira, 15 de março de 2011

SEGUNDO ENCONTRO DA RODA DE CORDEL

Apresentação
Roda de Cordel é um círculo de estudos sobre o cordel brasileiro. Aparecido no final do séc. XIX, no Recife-PE, onde foi impresso e ganhou a forma poética que o distingue, essecordel não ficou estático, congelado no passado como alguns pesquisadores teimam em afirmar. Tampouco é uma literatura de analfabetos ou semi-analfabetos, como querem outros. Vivo e pujante, sempre se reinventando em sua própria forma fixa, o cordel exige, para orientar aos que querem se aprofundar em suas entranhas formais e sociais e culturais, ser observado para burlar os erros, os equívocos e as falácias sobre si: o eixo condutor dessa Roda de Cordel.
Ementa
História do cordel brasileiro. Pioneiros, continuadores e contemporâneos: entre a geração Princesa e a geração Coroada. Elementos fundamentais do cordel brasileiro. Editores e editoras. Escrevivência do cordelismo. O cordel brasileiro hoje.
Programa
1. ARQUEOLOGIA DO CORDEL
a) História: a geração Princesa

Leandro Gomes de Barros e a fundação do cordel
Silvino Pirauá de Lima, o poeta enciclopédico
João Martins de Athayde, o mercador da poesia
Francisco das Chagas Batista e a Popular Editora
b) O Pavão Misterioso, divisor de águas

José Camelo, o helicóptero em forma de pássaro
Delarme Monteiro, as torres e o encantamento
Antonio Teodoro, o poeta garimpeiro
Eneias Tavares, de realidade e ficção
c) Cordel e outras artes

Manoel Camilo, Wladimir Carvalho e Orígenes Lessa: ecos de São Saruê
Leandro Gomes de Barros, José de Alencar e Luís Jardim: o boi misterioso
Azulão, Ariano Suassuna e Guel Arraes: os compadecidos
Pedro Monteiro, Homero Fonseca e Ciro Fernades: romances e madeiras
2. LITERARIEDADE DO CORDEL
a) Conceitos fundamentais do cordel
Métrica, ritmo, rima, estrofação

Cordel e lírica
Cordel e épica
Cordel e drama
b) As adaptações em cordel

Memórias póstumas de Brás Cubas, de Varneci Nascimento
O corcunda de Notre Dame, de João Gomes de Sá
A megera domada, de Marco Haurélio
O alienista, de Rouxinol do Rinaré
Os miseráveis, de Klévisson Viana
c) Erros, equívocos e falácias sobre o cordel

Cordel e repente: um erro concertável
Cordel e xilogravura: um erro acadêmico
Cordel e cantoria: equívoco modal
O cordel brasileiro e o cordel português: distâncias de além-mar
Carga horária e certificação
A Roda de Cordel - círculo de estudos sobre o cordel brasileiro acontece em encontros mensais de aproximadas duas horas e meia por 11 meses, totalizando 27 horas. Dependendo da demanda os encontros podem aumentar seu número. De início acontecerá na Sede da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo), à Praça da República, 282, no centro da cidade de São Paulo, mas o seu intuito é ser itinerante por locais a serem divulgados antecipadamente. Alertamos que estamos em conversações com faculdades de Letras para agregar a Roda de Cordel aos seus cursos de extensão para que possamos certificar os particpantes.
Bibliografia
A bibliografia básica, além dos textos inseridos no próprio corpo do programa requer basicamente: Literatura de cordel: uma poética para os heróis degolados, dissertação de mestrado do professor Aderaldo Luciano e Literatura de cordel: visão e re-visão, do mesmo professor, além de Breve história da literatura de cordel, do pesquisador Marco Haurélio e o Literatura Popular em Verso - Estudos, da Fundação Casa de Rui Barbosa
A Curadoria e a Coordenação
A Curadoria é de Nando Poeta, professor, formado em Ciências Sociais pela UFRN. Poeta cordelista engajado, autor de vários títulos entre os quais Mulheres em luta e A arte de lutar nos quais atualiza uma antiga tradição do cordel: o engajamento social, inaugurado por Leandro Gomes de Barros e Chagas Batista.
A Mediação é do professor Doutor Aderaldo Luciano, pesquisador do CNPq, ligado à Universidade Federal do Rio de Janeiro, autor de O auto de Zé Limeira e coordenador editorial da Editora Luzeiro, a principal casa de publicações em cordel brasileiro.


domingo, 13 de março de 2011

O JOVEM ENCARCERADO E O cordel encantado

Em parceria com o Poeta Josué Gonçalves, escrevi mais uma obra chamada O CORDEL ENCANTADO, já no prelo, da editora Luzeiro. O título vem a calhar com a estreia da nova novela das seis da Rede Globo. Antes de começar a dramaturgia global a obra estará no meio cordeliano para o sabor poético de todos que amam o cordel.


Veja algumas estrofes da obra:



(...)

 

O tempo foi se passando

E faz dezenove anos,

“Homem feito”, como dizem,

Começa a traçar os planos

Sem saber que o destino

Reserva-lhe desenganos.


 
Percorreu a região

A fama de sua beleza

É esta quem lhe trará

Incontestável tristeza,

Pois a falsidade torna,

Qualquer pessoa indefesa.



AGUARDEM!

sábado, 12 de março de 2011

O AMIGO E O SUICÍDIO é meu novo cordel


Mais um título de minha autoria é lançado pela Luzeiro. Esse cordel estava no prelo desde 2007 e agora finalmente saiu a edição. Veja a sinopse da obra:
“Um ato de solidariedade pode mudar uma vida. Gabriel sabe disso, hoje passados alguns anos. Além disso, muitas coisas não são o que parecem ser.
Veja as primeiras estrofes da obra:
O meu nome é Gabriel
E venho agora contar
Uma história fascinante,
Linda e capaz de mostrar
O valor de um amigo,
Igual ocorreu comigo
Ao conhecer Valdemar.

Na escola onde estudava,
Um garoto, em minha sala,
Arrumou todos os livros
Como quem pra gente fala:
— O caminho é o estudo,
Em casa eu releio tudo
Por isso levo esta mala!

Quando vi aquela cena
Fiquei até assustado.
Pensando comigo mesmo:
“O menino é esforçado,
Um amante da leitura,
Dono de muita cultura
E tão diferenciado.

Quer conhecer o resto da história? Compre o livro.
varnecicordel@yahoo.com.br
Contato com a Editora Luzeiro Ltda.
Tel/Fax: (11) 5585-1800/5589-4342

segunda-feira, 7 de março de 2011

A JUSTIÇA E A DEFESA


Este é o título de mais um lançamento meu, baseado em um filme de Sann Mendes, que traz o mesmo nome. Veja abaixo as primeiras estrofes:
A vida é algo poético
Recheada de beleza
Que ora nos maravilha,
Ora nos causa tristeza.
Ora nos põe no ataque,
Ora nos traz à defesa.

Se acaso a justiça erra
E vem, errada, punir
A quem não pode enfrentá-la,
Como verá a seguir,
O fruto da injustiça
É quase sempre o fugir.

Em uma simples bodega
No sertão paraibano,
Tem início a confusão
Que estava fora do plano,
Um jovem mergulhou fundo
Em terrível desengano.

Quer conhecer o resto da história? Compre o livro.
varnecicordel@yahoo.com.br
Contato com a Editora Luzeiro Ltda.
Tel/Fax: (11) 5585-1800/5589-4342
vendas@editoraluzeiro.com.br