sexta-feira, 26 de agosto de 2016

CORDEL ENCANTA ALUNOS DO COLÉGIO MAGISTER

No último dia 22 estive no colégio Magister, unidade Sabará. A ida a esta escola aconteceu por conta da adoção do Livro A ESCRAVA ISAURA EM CORDEL, entre outros, da Coleção Clássicos em cordel publicado pela editora Nova Alexandria. Por cerca de uma hora falei a respeito da história, da rima, da métrica e do processo criativo desse gênero literário. Os alunos estavam afiadíssimos e fizeram perguntas sobre os mais diversos aspectos da vida de um escritor. É salutar para todo autor, dialogar com quem ler a sua obra e mais ainda, faz dela, parte da sua formação escolar. Os alunos, numa faixa etária de catorze anos, se encantaram com o cordel, também não poderia ser diferente, essa arte ao longo dos anos tem fascinado milhares de leitores pelo Brasil inteiro. Agradeço a Nova Alexandria na pessoa do Paulo, as professoras presentes no evento e a coordenadora Rosana que nos acolheu tão gentilmente.







quarta-feira, 24 de agosto de 2016

CORDEL NO ANIVERSARIO DO CAPS





Sábado passado, dia 20 de agosto de 2016, a convite do meu amigo e escritor Adenildo Lima, participei com o poeta João Gomes de Sá do 26º aniversário do CAPS (Centro de Arte e Promoção Social), do Grajaú, SP. Essa entidade, sem fins lucrativos, foi criada pela filósofa e poeta Maria Vilani, uma cearense que se incrustou no bairro do Grajaú e lá plantou o que de melhor ela tem: amor, arte e poesia. E o mais importante disso tudo, conseguiu atrair várias pessoas para abraçar este projeto como voluntárias e ao longo desses anos espalham conhecimento pelo bairro. Agradecemos ao convite do Adenildo, a acolhida do Caps na pessoa da Vilani e torcemos para que esta instituição continue sendo uma semente do bem e da ternura para quem precisar no imenso bairro do Grajaú que está sendo enlevado pela cultura.


segunda-feira, 22 de agosto de 2016

CORDEL ENCANTA ALUNOS DO CECÍLIA MORAES

Um ano depois voltei ao Colégio Cecília Moraes para me encontrar e falar de cordel, com os novos alunos da EJA (Educação de Jovens e adultos). Cerca de oitenta alunos foram reunidos na sala de leitura para discutirmos um pouco sobre o cordel brasileiro e o que é este gênero literário, que cada vez mais, encanta leitores, professores e alunos Brasil afora. Foi gratificante retornar a escola, local onde em 2014 sob a tutela da professora Lucineide Vieira, realizamos um projeto no qual envolveu toda a unidade escolar. Agora voltei para apresentar o cordel aos novos alunos que chegaram a unidade em busca do aprendizado.




sexta-feira, 19 de agosto de 2016

PROGRAMA DISCUTE A RELAÇÃO DA TV COM O CORDEL

Juntamente com a cantora e poetisa Edimaria e o professor Doutor Paulo Iumatti participei do programa VER TV da TV Brasil, cuja temática foi discutir a relação da televisão com o cordel brasileiro. Apresentado pelo sociólogo e também professor da USP Lalo Leal, o nosso bate papo durou cerca de uma hora, onde foram abordados diversos aspectos desse gênero literário que vem marcando o cenário da cultura nacional. São programas como estes que possibilitam uma discussão mais apurada sobre o cordel e a cultura de um modo geral. Agradecemos ao Edmilson por ter sugerido esta pauta. O programa vai ao todos os domingos as 22:00h., e assim que ele for veiculado aviso aqui na minha página para os amigos e amigas, amantes do cordel poderem assistir.




terça-feira, 16 de agosto de 2016

PERGUNTA IDIOTA 2 E INICIAÇÃO SEXUAL NA ZONA RURAL

Após se esgotar três edições do PERGUNTA IDIOTA TOLERÂNCIA ZERO, e dez mil exemplares serem espalhados, chega o segundo volume, um pedido de muitos leitores. Esse cordel reúne as frases do cotidiano, pois que mesmo sem querer, todos nós fazemos perguntas idiotas. A obra traz respostas que irão te fazer morrer de rir, mas fique vivo. A segunda obra INICIACAO SEXUAL NA ZONA RURAL é um relançamento, pois já havia publicado independente e a editora Tupynanquim feito uma edição. Foram vendidos cerca de cinco mil exemplares e como é um cordel que discute uma problemática interessante, agora ganha novos voos com a marca da Luzeiro. Quem quiser adquirir as duas obras é só entrar em contato e na promoção do lançamento não paga o correio. As capas são do brilhante ilustrador Walfredo de Brito.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

DEBATE LITERÁRIO NO ECP DO GRAJAÚ

A periferia está movimentada e a cultura rola solta em vários locais. A convite das amigas Valéria Ribeiro e Gi Barauna conheci o Espaço ECP, do Coletivo Expressão Cultural Periférica da região do Grajaú. Expressão Cultural Periférica também é o nome da revista que teve o lançamento do quinto número. Participei de um debate com o escritor Adenildo Lima e a escritora Guerreira Xue sobre a produção literária, com a participação de jovens, estudantes, professores, jornalistas, ou seja, presença forte da comunidade engajada, que busca melhorias para o bairro. A revista lançada foi toda produzida pelo Coletivo desde as matérias a impressão. Uma tarde rica em aprendizado. No mês de outubro a revista Expressão Cultural Periférica publicará a entrevista concedi, a esta, que vem se tornando uma marca da comunicação no bairro do Grajaú. O escritor Adenildo Lima, cansado de buscar editoras, fundou a sua e já tem vários livros publicados, mas este é assunto para outra postagem.





PAULO DANTAS E O SERTÃO DE VERSOS DOIDOS

Com o poeta João Gomes de Sá e Maria José Freitas, na noite de ontem me dirigi a cidade de São Bernardo do Campo prestigiar um amigo recente, Paulo Dantas, que se apresentou no Ferradura Bar, local tradicional da cidade pela ênfase à boa música e a poesia. No espetáculo Paulo Dantas navegou pelos causos, contos e poesias, muito bem decorados e recitados com maestria, interpretação e performances das mais variadas. Parabéns meu amigo, seja bem vindo ao nosso meio poético e obrigado pela sua amizade e por no dia da sua estreia, ainda ter a gentileza de nos convidar ao palco. Rafael jovem poeta e ex-aluno de Paulo foi bom conhecê-lo assim como foi legal demais reencontrar Zaca de Oliveira. Viva a poesia.








domingo, 31 de julho de 2016

EXPOSIÇÃO CORDEL PAULISTANO É ENCERRADA

Com a presença ilustre de tantos amigos e amigas, encerrou-se hoje no Sesc Interlagos a EXPOSIÇÃO CORDEL PAULISTANO depois de quase dois meses de intensas atividades em torno do cordel brasileiro. Agradeço profundamente a toda a produção e ao Sesc pela promoção, assim como estendo minha gratidão a querida plateia que esteve presente nesta tarde. Não vou citar nomes para não ser injusto esquecendo alguém, porém cada um de vocês estarão sempre na minha memória por se disporem a nos prestigiar acolhendo o cordel em suas vidas. Esperamos que esta exposição pela importância que teve possa ser levada para outras unidades do Sesc e outras instituições. VIVA O CORDEL BRASILEIRO.







segunda-feira, 25 de julho de 2016

ENCERRAMENTO DA EXPOSIÇÃO CORDEL PAULISTANO



Meus caros amigos e amigas, depois de quase dois meses de exposição, de passar pelo palco os mais atuantes poetas cordelistas residentes em São Paulo, no próximo domingo, 31/07 será encerrada a EXPOSIÇÃO CORDEL PAULISTANO no Sesc Interlagos. Telma Queiroz me incumbiu a tarefa de plantar neste dia, mais uma semente dessa poesia que vem nascendo no coração de várias pessoas país afora. São Paulo a cidade mais nordestina do Brasil, pôde contemplar nesse período o melhor que se tem produzido na Pauliceia em matéria de poesia cordelística. Venho através desta postagem, convocar todos os meus pares e os amantes desse gênero literário para estarmos juntos nesta festa que não é minha nem de ninguém, mas exclusivamente do cordel que nos escolheu ou para produzi-lo ou para consumi-lo. João Gomes de Sá já confirmou presença e conto com a presença de outros poetas e poetisas além dos apreciadores de cordel, porque sem o público não somos nada.



sexta-feira, 22 de julho de 2016

7º CONGRESSO DE EDUCAÇÃO DE ARUJÁ

Ontem, pela segunda vez, tive a oportunidade de fazer a abertura do Congresso Educacional, que reúne todos os professores e professoras da cidade de Arujá, no Vale do Tiete. Foi um evento magnífico, falar para um grupo seleto que são os professores(as), pois a semente que plantamos junto com eles, tem a possibilidade de ser semeada e germinada em vários outros lugares. Não é todo dia que um escritor tem a possibilidade de falar para 1400 pessoas que já são cheias de conhecimento e cada vez mais buscam adquirir novas ferramentas para usar em suas aulas. O cordel sem dúvida pode ser este auxílio. Comecei e encerei a minha fala com poesia:

Meu coração me ordenou
Vá aumentar seus valores
Na cidade de Arujá
Falar com mestres, doutores
Dar beijo nas professoras
E abraçar professores.

Ao meu amigo Maurício
Muito obrigado outra vez
A prefeitura local
Que este congresso fez
Deixo um abraço apertado
No último verso obrigado
Por tudo a todos vocês.





quinta-feira, 14 de julho de 2016

DEBATE NO SESC E APRESENTAÇÃO NA BODEGA


 No sábado dia 09 tive um dia muito proveitoso, tudo em nome do cordel brasileiro: pela manhã fiz a mediação do debate sobre esse gênero literário com os doutores Aderaldo Luciano e Cristiane Cobra e o poeta Moreira de Acopiara. Esse debate aconteceu dentro da mostra do CORDEL PAULISTANO promovida pelo Sesc Interlagos e coordenada pelos produtores Telma Queiroz e Zé Geraldo. Vários amigos e amigas participaram do debate que foi muito esclarecedor acerca dessa arte que cada vez mais ganha espaço. A noite, ao lado do poeta Costa Senna, participei do Sarau Bodega do Brasil fazendo uma apresentação voltada para o humor, cuja base também é o cordel brasileiro. Agradeço a todas as pessoas que se fizeram presentes nos dois eventos para engrandecer ainda mais esse gênero literário brasileiro.



segunda-feira, 27 de junho de 2016

A ALEGRIA DO ESCRITOR

Hoje pela manhã recebi o telefone do prefeito de Itaguari - GO, o padre Agnaldo Gonzaga, que em visita a uma das escolas do município, encontrou a professora Cristiana lendo e estudando com os seus alunos o livro de minha autoria chamado A BRANCA DE NEVE, publicado pela Panda Books. Falei com a professora, que diga-se de passagem, é uma simpatia e ainda conversei com as alunas Sara e Débora, que me disseram que estavam maravilhadas com o cordel. Para um escritor não pode existir alegria maior do que escutar isso de um leitor e ainda mais criança, que não é dada a falsidade feito muitos adultos. De quebra, ainda me convidaram para ir conhecer a escola delas. Segundo o prefeito, a possibilidade desse encontro se dará no mês de agosto, portanto, professora Cristiane, Débora e Sara se preparem para fazermos uma festa literária na escola de vocês. O padre também que ainda não conheço pessoalmente, embora já nos falemos a um bom tempo, este prefeito é também poeta e eu já tive oportunidade de ler.

domingo, 29 de maio de 2016

CORDEL NA VIRADA CULTURAL DE MOGI DAS CRUZES

Mais de trezentas pessoas lotaram o Theatro Vasques de Mogi das Cruzes para assistir o Stand Up em cordel, uma proposta diferente do humor feito por Varneci Nascimento. Em sua apresentação, o poeta e humorista passeou pelo mundo do cordel brasileiro, dos causos engraçados, das situações do dia a dia da vida. Foi uma hora repleta de graça, riso e empatia entre o escritor e a plateia. Recitou cordéis de sua autoria como PERGUNTA IDIOTA TOLANCIA ZERO Vol. 2, trechos de AS PALHAÇADAS DE ZÉ ARIGÓ, O CORDEL DA HEMORRÓIDA, entre outros, além de brincar com a plateia e contar piadas que arrancaram risos e aplausos espontâneos de um público eclético pela idade e naturalmente receptivo. O show ainda contou com a participação do poeta pernambucano, residente em Mogi, Cacá Lopes. Agradecemos a produção da Virada Cultural de Mogi bem como a acolhida ao nosso artista Varneci Nascimento.

Telma Queiróz

Produtora Cultura




quinta-feira, 17 de março de 2016

BATE PAPO NO PROGRAMA PAPO SÉRIO COM CHALITA

Participei ontem 17/03 do programa Papo Sério, apresentado por Gabriel Chalita, escritor e secretário de educação da prefeitura de São Paulo. Numa conversa descontraída falamos sobre literatura, cordel, academia, enfim o papo transcorreu numa fluidez que nos surpreendemos com a rapidez do tempo. O programa vai ao em ar em breve pelo Canal de Tv do portal IG e vai ser mais uma entrevista, visando divulgar ainda a força do Cordel Brasileiro. Agradeço ao convite de Chalita para discutirmos e pensarmos o cordel como um gênero literário brasileiro.